Instagram

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

62° Festa de Vinocultores da Bergstrasse em Lützelsachen - Weinheim

Este era o folder da festa que apresentava a Rainha e as Princesas locais e o Motto* (*tema) " O mundo é colorido" :




Domingo. Sem sol e friozinho, ou frisch*, como dizemos aqui. (*Significa um dia de brisa fria, mas que ainda nao é frio de verdade como no inverno... entendeu?).
É o Outono dando as caras!
Mas nem por isso deixou de ser um domingo delicioso em que fizemos mais um passeio super divertido! :-D

A Moni e o Martin, um casal de amigos alemaes, nos convidaram para ir à Weinzerfest* (*Festa dos Vinocultores) da cidade natal da Moni, chamada Weinheim.
A festa, na verdade é do bairro onde a Moni morou durante a infância: Lützelsachsen e leva o nome da rua principal do bairro, onde o cortejo passa: Bergstrasse.
Foi o 62° ano em que a festa aconteceu e o pai da Moni, hoje com 66 anos, e tendo morado a vida toda neste bairro, contou se lembrar da primeira festa, em que ele entao com 4 anos, foi levado pelo pai e brincou alegre a tarde toda.

Fomos os quatro juntos de carro e no caminho fomos presenteados com folhas amarelas que com o vento voavam sobre os carros, dando a impressao de uma chuva de folhas! (O outono aqui é muito bonito!)

Chegamos na cidade ainda cedo para o ínicio do cortejo que abria a festa, entao fomos passear e ver o que tinha de interessante por lá. E logo aqui abaixo vcs podem ver quantas coisas interessantes encontramos neste aconchegante bairro. Resolvi colocar as fotos em montagens porque eram muitas (!), mas clicando sobre as fotos vcs podem vê-las aumentadas e observar melhor os detalhes que cito. (Depois é só clicar em voltar lá em cima na barra de ferramentas do seu computador e vc está aqui de volta!)


Passeio pré-início de festa:

Primeiramente a Moni quis nos mostrar o salao onde a festa aconteceria. Pelo caminho já me chamou a atencao esta típica casa de vinocultores que aproveitam a garagem para vender seus vinhos e sucos de uvas, nao só durante a festa, mas todos os fins de semana:



E este é o Salao onde a festa aconteceria, ainda tranquilo, quase vazio:



Nós nao havíamos ainda almocado entao resolvemos nos deliciar com as maravilhas calóricas que estas festas podem nos oferecer. E como muita gente do Brasil me pergunta o que comemos por estas bandas, eu resolvi documentar aqui estas típicas delícias que encontramos em todas as festas de rua do país:

Sao elas:
Acima á esquerda: os amados e conhecidos Ketchup e Maionese á vontade para acompanhar batatas fritas (geralmente tem mostarda também, mas nao econtrei....Logo abaixo tem um cesto com Bretzel, um paozinho salgado de formato engracado que é uma delícia á toda hora, mas infelizmente nao dá pra ver muito bem nesta foto...); embaixo à esquerda: Pommes mit Wurst, ou seja, batatas fritas com linguica frita (Minha Nossa Senhora das Calorias!); acima Pommes mit Schnitzel e molho de carne com cogumelos (Schnitzel é um filé de carne de porco empanado e frito) e, por último, abaixo á direita: Pommes mit Currywurst, ou seja, batatas fritas com linguica ao molho curry.

(Calma gente, as pessoas, pelo menos a maioria, nao come isso todo dia, sao comidas típicas de festas de rua, mais ou menos como os pastéis ou o acarajé no Brasil...)

Eu me deliciei dividindo o prato de Schnitzel e de Currywurst com o Martin.... ai!

Depois de encher a panca, saciados fomos andar pela vila.
E ali perto do salao onde aconteceria a festa tinha uma barraca um tanto rústica de tiro ao alvo:


E uma barraca de doces que tinham os doces preferidos do trio alemao que me acompanhava!


E eu reparei que a maior parte das janelas da vila ainda sao antigas e têm essa figura feminina que as seguram abertas:


Esta era a casa em que os avós da Moni moravam.... Essas trepadeiras sao na verdade parreiras e tem pequenos cachinhos de uva pendurados nelas (Se vc clicar na foto pode ver os cachinhos de uva!):


E esta torre ali atrás é da Igreja do Bairro. Infelizmente nao deu tempo de ir até a Igreja, mas já dá para ter uma idéia de como é bonita:


A vila estava enfeitada com bandeirinhas que me lembraram as Festas Juninas no Brasil que eu gosto tanto:


E esta torre com o relógio é da prefeitura da vila. E ali em volta do relógio tem uma frase muito interessante que diz: "A sombra leva o tempo dourado. E humanidade pensa a eternidade" :




Veja estas casas antigas que interessantes! A casa de cima tem a entrada para o Keller (Subsolo) fora da casa, para facilitar o transporte de coisas pesadas, como sacos de batatas para lá. Repare como a porta é pequena:


Uma das casas antigas me chamou a atencao por ter cebolas penduras na frente. Perguntei para o pai da Moni se era para afastar vampiros ( se bem que normalmente seria alho né...) mas ele respondeu rindo que era apenas para secarem! Na foto de cima a casa tem uma entrada para o subsolo que me lembrou os filmes americanos que têm furacoes!


E eu adorei este portao bem humorado com a foto de plantas e este porquinho com as cores da Mangueira (a escola de samba) na janela! (Aqui na Alemanha o porco simboliza sorte):



E vejam só este cacho de uvas na fachada desta casa, é feito com ferraduras de cavalo:



E olhem que decoracoes engracadas para a garagem e o pequeno jardim:


Achei estas casas simplesmente bonitas e com aparência acolhedora:


Acima á direita está o logo de uma padaria que já tem 110 anos! E na foto grande, acreditem, encontrei poluicao no riacho que corta a cidade! (Ok, eram só 3 garrafas...) e abaixo á direita plantas que achei interessantes no muro:



Entao finalmente ouvimos o som da primeira banda que abria o cortejo e fomos para a rua principal. E a Moni muito espertinha, já conhecendo a festa, sacou da bolsa copinhos de plástico para podermos ganhar vinho durante o cortejo!
:-D Aha!


E comeca o cortejo:

Abrindo o cortejo, antes da aparicao da primeira banda, aparecem mulheres com roupas típicas e garrafas, distribuindo vinho e vendendo copinhos de vinho típicos destas festas:

Eu enchi o meu de plástico e, turista que sou, também comprei, por 3 euros, o copinho típico que tinha um bonito desenho e uma tira de couro para pendurar no pescoco e vinha cheio de vinho! hehe ;-)


E eis que surge a primeira banda:

Logo depois da banda vem as criancas da escola do bairro.


Se vcs assistiram o video que coloquei acima perceberam que eu me animei toda com a presenca de um menino vestindo as cores e abanando uma bandeira brasileira. Eu fui correndo fazer uma foto do menino e logo percebi que mais atrás haviam mais duas meninas gêmeas e um menino com tracos orientais também vestidos de brasileiros! Cheguei neles toda contente perguntando se eram brasileiros, ficaram me olhando com cara de interrogacao, perguntei se falavam portugues e responderam muito timidimante e com um certo sotaque "Simmm..." Voltando toda contente para o nosso grupinho, o Martin pediu para eu reparar que vários outros países estavam sendo representados ali.... sabe que eu realmente nao enxerguei ! ;-D

Eba! Olha o Brasil aí também gente:


Este carro se chamava "Povos coloridos":


Este carro muito bem humorado, chamado "Grupo Elegante" tinha homens vestidos de "turistas em férias", latas de cerveja penduradas na palmeira, e tocava uma música em alemao que dizia "Nao há cerveja no Hawai!". E no cartaz está escrito: "Há SIM cerveja no Hawai!":


E entao chega a segunda banda:

(Essas bandinhas sao muito legais!)


E logo atrás vêm carros trazendo as várias rainhas e princesas de váriadas sortes de legumes e frutas e do carnaval:
A moca de vestido verde, sentada sozinha neste carro vermelho aqui embaixo à direita é A Rainha do Pepino !!!!!

E vieram vários tratores decorados, com pessoas caminhando perto e distribuindo mais vinho.
Este senhor com a peruca azul vinha sozinho e ficava cambaleando pela rua, cantando e imitando bêbado, muito divertido! E eu sinceramente nao entendi qual era a desses caras sentados aqui neste carro abaixo à direita, mas os alemaes achavam engracado... :-(


E mais tratores enfeitados trazendo famílias de agricultores com roupas típicas:

E um grupo com roupas típicas dos camponeses antigos, um trator que vinha com o tema Espanha e trazia mulheres distribuindo espetinhos de queijo e Sangria* (*uma bebida espanhola muito barata que é a mistura de vinho e suco de uva adocicado, muito conhecida por aqui por ser a preferida dos turistas alemaes que vao a Espanha passar férias de verao e querem se embebedar sem gastar muito!):

E chega mais uma banda:

Esta banda veio de Manheim e trajava as roupas que os integrantes usam para tocar no carnaval.

E chega cerveja! E doces menininhas distribuindo suco de macas e macas:
(E nós já estávamos cheios de presentinhos!)

Entao desfilam as pessoas da cidade que têm carros antigos e interessantes:


O fusquinha, super conservado tinha uma mala antiga amarrada atrás! E apareceu também um daqueles carros super pequenos... Na foto debaixo á direita dá para ter idéia da pequenez o carro comparando com a crianca andando ao lado:


Terminado o cortejo o público segue para o salao de festas pegar o seu lugar nas mesas:

Mas, nós queríamos ver ainda um pouco mais e fomos nos posicionar numa outra rua, onde o cortejo ainda passaria e nós poderíamos ver tudo novamente.

Logo chegam de novo as primeiras mulheres com as garrafas de vinho e eu, já pra lá de Bagda fiz um filme para documentá-las:

Eeeeeeeeeeeeee!!!! E eu dancei com as bandas, falei bastante e pisei sem querer no meu copinho de plástico:


E chega um trator todo colorido que eu nao havia visto antes, e as doces princesinhas a essa altura já perderam o sorriso e têm chifres:
E eu fui pedir para tirar fotos da roupa de um dos integrandes da banda. Ele tinha uma pata de ave com unhas compridas na cabeca e chifres nas costas! :

E aí sim nós fomos para o salao comer bolo, tomar café e ouvir as bandas tocarem.
E veja agora o salao iluminado e cheio de gente, que belezura! E as garconetes desta festa passeiam pelo salao com carrinhos de supermercado recheados de vinhos, refrigerantes e água. A pessoa compra e já recebe a bebida na hora:
A Moni nos contou que na época da faculdade trabalhou todos os anos como garconete nesta festa.

Infelizmente eu nao tive coragem e nem vontade, e nem forcas para fazer as fotos que estes bolos e tortas mereciam, mas posso garantir que esta mesa era uma loucura:
E eu me entupi de bolo e torta (Santa Maria das comilonas!)
E ouve uma entrada triunfal das rainhas e princesas com uma das bandas e elas se posicionaram no palco, receberam o público, leram várias coisas, agradeceram e disseram para aproveitarmos bastante a festa. E eu tanto estava aproveitando que nao filmei esta parte e nem fiz fotos. (Foi mal...)
E todas bandas tocaram de novo e as pessoas "dancaram", sentadinhas nas mesas, de bracos dados e balacando o corpo de um lado pro outro e cantando.... foi bonito!
E esta banda a seguir, que foi a minha preferida eu fiz questao de filmar de novo. E tive sorte, porque foi um momento muito bonito e um dos trompetistas faz uma coreografia em que ele rebola durante a música (E eu registrei! hehehehe).
Confira o filme que bonito:




E mais tarde voltamos para casa ainda embriagados de alegria, (só o Martin estava sóbrio porque estava dirigindo... :-(

E de tao espertos que estávamos o Martin-marido-da-Moni, com a minha nao-intencional ajuda, prendeu minha mao na porta do carro quando fomos nos despedir! Eu quase morri de dor, achei que tinha perdido uns dedos no meio do sangue que escorria, mas sobrevivi e mais tarde descobri que além da dor que me fez literalmente desmaiar (de verdade!), eu sofri apenas um corte superficial no dedo médio!

(Eu sei que eu poderia polpá-los de contar sobre a minha mao, mas eu quis registrar também, afinal essas coisas fazem parte dos fins de festa..... hehehehehehe)

:-D

Como é em alemao:

Festa: Fest

Vinho: Wein

Outono: Herbst

Uva: Trauben

Maca: Apfel

bêbado: betrunken !

3 comentários :

  1. EEEEEEEEE!!! O trabalho valeu a pena. Adorei saber sobre a festa do vinho :)
    E quase morri imaginando sua mão esmagada... hahaha Vc desmaiou de verdade? De vinho ou de dor? hehehe
    Detalhe de pessoa tb viciada em mexer com fotos no computer: as margens amarelas ficaram ótimas.

    ResponderExcluir
  2. Oba Jaque, obrigada! Minha visitinha á sua cidade e nossa ida á Oktoberfest estao no forno para sair aqui loguinho também!
    Sim, eu desmaiei de verdade e na real fiquei na dúvida se foi de dor, de choque, de bedeira ou de tudo junto!!
    Ah, vc viu, eu testei finalmente sai testando umas ferramentas do programa de fotos! Tô mesmo viciada neste negócio...
    =(

    ResponderExcluir
  3. Lu!!!Amei!!excelente discrição!!!
    beijosss

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem vindo! :-D