Instagram

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Não ande mesmo sem o bilhete de trem, principalmente se você não dá muita sorte quando faz coisa errada...

    Sim, sim tem que constar:

Pela terceira vez me arrisquei e acabei sendo pêga sem o bilhete do metrô !!!

    É ou não é um recado de Deus dizendo que eu nasci para ser uma boa cidadã ??? 
    Eu conheço gente que vive andando sem pagar, que quando sai comigo e eu compro o bilhete a pessoa diz: "Vc comprou bilhete? Eu NUNCA  comprei e nunca me pegaram, isso é lenda !!!
    Sim, sim, a lenda mais verdadeira que já vi :-(
 
    Peguei o metrô diariamente durante 3 dias seguidos PAGANDO, nenhum Controlador apareceu(!)  À partir do quarto quis economizar e neste dia me safei, não houve controle. No quinto me pegaram !!!

    E desta vez  eu até tentei uma escapada expetacular pela porta mais próxima, mas fui cercada pelos dois, isso mesmo,  DOIS  CONTROLADORES AO MESMO TEMPO!  E  chegaram justamente no meu vagão num momento em que demora séculos para chegar á estação mais próxima....
    Como a escapada expetacular não funcionou e eu me vi na frente da porta, com um controlador de cada lado, tentei dar uma de espertinha (detalhe: tremendo como vara verde) e saquei da carteira um cartão antigo*, na esperança de um deles simplesmente bater o olho e sair fora...  Não! Ele pegou o cartão, examinou a data e disse alto: Eu preciso do seu documento de identificação senhora, este cartão é vencido!

    (*Como eu estava andando de metrô a trabalho, estava juntando os cartões na carteira para o caso de depois quererem me pagar devolta este dinheiro, mas por infeliz coincidência, pela manhã antes de sair de casa, tirei os cartões usados da bolsa para não acontecer de perder algum; cabei  dando  para o controlador um cartão muito antigo que na hora do almoço encontrei na carteira e deixei para jogar fora depois !!!!)
  
     O Controlador mais magro sacou a maquininha e começou o interrogatório  adorado por todo estrangeiro: " Onde a senhora mora? Tem algum papel em mãos que prove que a senhora mora neste endereço?" Não, eu não tinha.....
     Vai saber porque cargas d´água algo não confiria no meu endereço e o homem se tornou um pouco irônico, certamente já pensou que eu era  ilegal e começou a dizer que eu estava com sérios problemas, e perguntou se eu tinha o documento original (passaporte). (Eu não tinha, carrego comigo somente um cópia colorida plastificada da folha de identificação e da folha do visto). Eu quase tive um troço. Mas como sei que estou totalmente legal e que meu endereço não podia ter algum problema, respirei fundo e tentei manter a calma, apesar da adrenalina e da tremedeira.
    Para  tentar relaxar ainda disse em tom de piadinha que  isto era um recado de Deus pedindo para  que eu seja um boa cidadã, já que nos dias anteriores eu tinha pago e não houve controle. O homem não sorriu, se manteve sério e perguntou se eu tinha os cartões anteriores na carteira. (*Não, eu não tinha !!!) Fiquei sem graça e muito mais sério ele perguntou o nome da estação em que eu tinha embarcado, no estresse não entendi direito a pergunta e disse o nome da estação para a qual eu estava estava indo,  o homem me olhou muito desconfiado,  muito mais sério dizendo: " Isso é impossível!" e refêz a pergunta muito devagar, como se eu fosse uma bandida esclerosada. Me senti um pouco humilhada neste momento.

    Depois de diminuido o estresse porque não havia nada errado com meu endereço, aproveitei para perguntar se o fato de estar sendo pêga pela terceira vez poderia prejudicar meu visto. Ele disse  que não, mas para fazer um terror disse que se eu não depositasse o valor da multa no dia seguinte teria problemas, mas não especificou qual.
    Como das outras 2  vezes tive um prazo maior para pagar a multa, de 14 dias, perguntei qual era o motivo de eu precisar pagar no dia seguinte. O homem acho que se tocou que eu sou  uma mulher experiente, ou melhor, uma bandida inteligente, e  disse que eu tinha sim um prazo de uma semana, que não poderia ser mais por causa do agravante de eu ter mostrado um cartão vencido.
    Das vezes anteriores não foram os mesmo controladores, mas eu senti menos desconfiança da parte deles. Acredito que o  fato de eu ter mostrado o cartão vencido fez parecer que eu faço isso sempre, que eu estava preparada para tentar enganá-los.  

    A multa ainda é de 40€, mas a adrenalina e o estresse desta vez foram maiores.

    Li o comprovante que me deram, escrito com palavras bem difíceis e lá está especificado que o problema resultante do não pagamento da multa é uma taxa de 5€ por aviso de atraso (?) e, uma conhecida alemã disse que depois de um tempo de vencida,  a dívida fica  a cargo de uma cobradora especilizada, o que começa a implicar juros.

    Foda mano.  Acho que nem que passem vários anos vou me arriscar de novo...

    (Se você quiser saber como foram as outras duas vezes e entender como funciona o sistema de cobrança do transporte público aqui na Alemanha leia este post.)


  PS:   
    Estrangeiro: 
JAMAIS  ande sem a cópia da sua identificação e do seu visto, principalmente se você não fala ou entende alemão (e é fraco do coração) !

4 comentários :

  1. Tipico de brasileiro mesmo...querendo se dar de alguma maneira e quando é pego, tenta fazer uma gracinha com a situação, vamos ver se aprende a agir corretamente agora e pague pelo transporte que usa.

    Que belo exemplo...quando estiverem fora do Brasil, lembrem-se sempre que vocês são "embaixadores da nossa cultura"

    ResponderExcluir
  2. KKKKKKKKKKKK ri demais, passei pelo mesmo... infelizmente..perdi meu Verbundpass.... em fim .... gelei, mas as 3 multas foram pagas... me senti um loser por isso, espero que nao prejudique o passaporte

    ResponderExcluir
  3. Também não acho certo essa de "tentar se dar bem"; esse é o velho "jeitinho brasileiro" que dá nos nervos até aqui no Brasil, que dirá no exterior... estive na Alemanha, andei 15 dias de trem, não peguei nenhuma fiscalização, mas em todo momento estava com meu bilhete PAGO no bolso. Essa é a mentalidade do brasileiro... querer se dar bem a qualquer custo; e ainda reclamam do governo... fala sério...

    ResponderExcluir
  4. Estou estudando na Eslováquia, e isso aconteceu comigo 3 dias atrás, tenho ate amanhã para pagar 60 Euros, e o bilhete so custa 0,30 euro, da pra imaginar como eu fiquei ne. Mas não acredito que isso seja coisa de brasileiro, porque minhas amigas do Canada e da America fazem o mesmo toda hora, eu fui pego com a americana, ela ficou bem tranquila em pagar 60 euros, eu ja fiquei bem nervoso, não pela multa, mas por jogar 60 euros no "lixo" por 30 centavos euro. E muitas pessoas entram nos transportes publicos sem pagar. Então chega de falar que isso é coisa de brasileiro, ou jeitinho brasileiro.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem vindo! :-D

A Ponte no youtube

Loading...